quarta-feira, 22 de abril de 2015

O amor é uma loucura

Estou louco, em todos os sentidos da palavra.
Bem, sempre o fui. Sempre fui o miúdo passado da cabeça que ama o mundo, ama as pessoas e ama-te a ti, e haverá mais louco que isso?
Estou louco acima de tudo por ti, deixas me assim.
Louco pela maneira de andar, pela forma que entras na cena com toda essa confiança e nariz empinado, pela maneira com que mostras a quem te conhece que no fundo és uma criança grande que adora desenhos animados, chora no "À Procura de Nemo" e tem medo de trovoada, louco pela mulher que te vais tornando, que persegue os seus sonhos, não esquece o passado, mas olha para o futuro com um brilho nos olhos e um passo acelerado.
Eu amo-te, não é hipérbole, nem um conceito vazio, é verdade pura e dura. E gosto de me ver nesse futuro com que sonhas.
Gosto de me ver contigo, nas viagens, Japão, Índia, e os clichês, Paris, Londres, o mundo espera nos; de nos ver na cama, quero percorrer o kamasutra contigo, 5 vezes; quero ver nos um altar com todos a aplaudirem, quero uma lua-de-mel em Krabi, quero ver nos numa maternidade, 2 vezes de preferência, quero envelhecer contigo, e passar os meus dias num alpendre a teu lado virado para a praia, a lembrar as histórias que se estão a passar agora e que se vão passar.
Quero entregar-me a ti de corpo e alma, quero viver, tu fazes me viver.
Quero que tornes os meus segundos em horas, que dividas a minha cama, que me faças perder, e me faças encontrar-te.
Quero isto tudo eventualmente
Mas de momento
Quero te a ti.


"And I'll be yours to keep"



0 comentários:

Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.

About me

Se, por algum lapso de consciência decidires ler mais alguma coisa que se siga a esta apresentação ficas já avisado que, das duas uma, ou vais deprimir ou vais dizer-me assim "fogo, és um triste", se pensares isso eu respondo-te, "não, eu sou feliz, tenho um pai e uma mãe que trabalham e uma irmã que é uma chata do caraças, tenho uma casa e comida na mesa todos os dias, por isso supostamente não tenho motivos para me queixar." Mas eu sempre fui do contra e dado a minha idade e teimosia arranjo sempre motivos para me queixar.