quinta-feira, 4 de junho de 2015

Dela...

E já sobe o sol de novo. E é mais um dia que tenho que passar sendo tua. Não sei, parece que olhar-me ao espelho magoa, ver este reflexo de mulher perdida, e magoa ainda mais não te ver nele.
Tentamos o adeus tantas vezes, mas caminhamos na mesma direção. Eu acho que caminhamos na mesma direção para nunca nos afastarmos verdadeiramente.
Eles dizem que o tempo cura tudo, mas é o tempo que magoa mais, o tempo sem ti meu amor.
Parece que foi ontem que saíste pela porta e entre gritos e injurias disseste que nunca mais me querias ver, talvez até tenha sido ontem eu perdi a noção do tempo quando te foste, e eu chorei com a mesma força emocional que tinhas quando saíste. Não conto as vezes que me sentei em frente ao espelho nua e te esperei, com lágrimas e o desespero de quem ama.
Cada carro que passa em frente ao prédio é o teu e cada porta da rua que abre és tu a voltar.
E talvez até sejas, e eu abro sempre a porta...
E nunca és...
Este quarto está distorcido sem ti. Porra! O mundo está distorcido sem ti.
Talvez eu não te mereça e é por isso que agora não voltas, talvez tu não mereças o amor que tenho guardado para ti, mas eu juro aqui e agora que to dava todo, até porque não consigo dá-lo a mais ninguém, às vezes gostava de te poder magoar como tu me magoaste meu cabrão, não fosses tu meu amigo mais que meu amante.
As tuas cartas ainda tem o teu perfume, passa-me a possibilidade de as queimar, nunca o faço e arrependo-me logo de sequer ter pensado isso. A verdade é que tudo o que sou, fui contigo e não abdico disso.
A porta da rua abriu! É apenas o carteiro...
Está escuro, nunca tive medo do escuro, mas passo a ter se tu me vieres consolar e dizer "vai ficar tudo bem".
Mas não vai ficar, porque as minhas histórias de amor não acabam assim, nas minhas histórias de amor a princesa desiste da vida, o príncipe droga-se, os anjos mentem para se sentirem no controlo e o espelho mágico tem o meu reflexo.
E é engraçado como as reflexões mudam...
Espero-te neste tédio que me olha e deixa que as vozes na minha cabeça digam a maior loucura de todas:
"Segue em frente"- nunca fui de obedecer.





0 comentários:

Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.

About me

Se, por algum lapso de consciência decidires ler mais alguma coisa que se siga a esta apresentação ficas já avisado que, das duas uma, ou vais deprimir ou vais dizer-me assim "fogo, és um triste", se pensares isso eu respondo-te, "não, eu sou feliz, tenho um pai e uma mãe que trabalham e uma irmã que é uma chata do caraças, tenho uma casa e comida na mesa todos os dias, por isso supostamente não tenho motivos para me queixar." Mas eu sempre fui do contra e dado a minha idade e teimosia arranjo sempre motivos para me queixar.