quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Chora comigo, e eu chorarei contigo.

Chora comigo e eu juro que dar-te-ei o meu ombro e chorarei também. Depois chorarei por ti e levantar-te-ei.
Sorri e eu vou sorrir contigo. Fala e eu vou ouvir, com todas as palavras, chateia-me com o que te apoquenta e eu nunca me fartarei. Pede-me e eu nunca te deixarei sozinho, ou não me peças e abraça-me logo. 

Não sou Deus, nem finjo que sou, não posso resolver os teus problemas. Posso enfrentá-los contigo. Vamos em frente! Não há muro que nos pare, nem vento que nos derrube.
O mundo é um pátio e nós fazemos dele o nosso recreio.

É bonito, é nosso. É grande e cheio de coisas,
E num mundo tão grande, quão pequenos parecem os teus problemas?

Sofres agora com eles, e sofrerás sempre, sofrer é sinal de vida.
O maior problema das pessoas que sofrem é achar que podem fazer tudo sozinhas.
E o maior problema das pessoas que não sofrem é talvez não terem vivido o suficiente.


0 comentários:

Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.

About me

Se, por algum lapso de consciência decidires ler mais alguma coisa que se siga a esta apresentação ficas já avisado que, das duas uma, ou vais deprimir ou vais dizer-me assim "fogo, és um triste", se pensares isso eu respondo-te, "não, eu sou feliz, tenho um pai e uma mãe que trabalham e uma irmã que é uma chata do caraças, tenho uma casa e comida na mesa todos os dias, por isso supostamente não tenho motivos para me queixar." Mas eu sempre fui do contra e dado a minha idade e teimosia arranjo sempre motivos para me queixar.